quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Esquerda e Direita

Sugestão de acompanhamento musical:
sapateado, gaita e tambor (experimentem tudo ao mesmo tempo)

Alguns anos de convívio e espionagem social e uma hora de sonhos em transportes públicos dão-me o desplante de, aos 24, julgar que descortino tendências de identidade no espectro direita-esquerda, radicalismos à parte. Nunca fui muito de rótulos mas este caso merece caricatura.
Como tenho para mim que a política é uma área que emana um odor duvidoso, invisto pelo quotidiano comum das nossas vidas. Na certeza de que me engano muitas vezes e frequentemente tenho dúvidas, o auditório gigantesco de três leitores do nosso Castelo é evidentemente livre de não concordar com as propostas adiante formuladas:

O indivíduo de direita ganha mais dinheiro que o de esquerda.
O de esquerda ri-se mais vezes.
O de direita gosta de filmes de terror.
O de esquerda não gosta de chuva.
O de direita quando tira a carta pensa “um dia vou ter um porsche ou um ferrari”.
O de esquerda gostava de tirar a carta e, conseguindo-o, parece-lhe bem um carocha.
O de direita é do Benfica.
O de esquerda diz ser do Sporting mas só conhece o Ricardo (que já lá não está).
O de direita utiliza “eu” em 76% das frases.
O de esquerda não faz a cama há dois meses.
O de direita tem os livros arrumados por ordem alfabética de acordo com os títulos.
O de esquerda não sabe onde eles andam.
O de direita ganha ao de esquerda num sprint de 60 metros, ao snooker e no PES.
O de direita estuda economia e/ou direito.
O de esquerda cozinha bem.
O de direita não sai porque tem uma borbulha na testa: “ Estou engripado/a”.
O de esquerda está engripado, dói-lhe a cabeça e sai na mesma.
O de direita ouve música que lhe entristece ou deixa furioso.
O de esquerda ouve música que não passa na rádio, nem na televisão.
O de direita gosta de ler coisas que existem.
O de esquerda gosta de ler coisas que não existem (para os de direita).
O de direita vai ao ginásio.
O de esquerda gostava de ir, mas aborrece.
O de direita compra revistas de carros ou moda consoante sexo ou inclinações afectivas.
O de esquerda lava a cabeça menos vezes.
O de direita espreita-se ao espelho com maior frequência que o de esquerda.
O de esquerda goza com o bigode do Hitler.
O de direita não acha piada ao do Che Guevara.
O de esquerda tem 45 garrafas de água espalhadas pelo quarto e não sabe porquê.
O de direita adormeceu a ver “uma verdade inconveniente”, em frente ao computador.
O de esquerda bocejou muito no cinema, mas aguentou-se até ao fim.
O de direita tem 756 fotos no hi5 e 99% são de si mesmo, sozinho ou cortando a foto.
O de esquerda diz que tem mas não o utiliza, embora passe por lá regularmente.
O de direita leu e adorou o Código da Vinci.
O de esquerda leu, também gostou, mas roga-lhe pragas se houver pessoas por perto.
O de direita, de verão, sai com camisa aberta até ao umbigo (ou decote) e gola eriçada.
O de esquerda sai de noite com a mesma roupa com que saíu de dia.
O de direita conduz o carro xuning, aquele com luzes de néon e kisomba aos berros.
O de esquerda acha que o Titanic é o pior filme da história dos piores filmes.
O de direita gosta de dançar.
O de esquerda prefere falar.
O de direita é mais bonito/a de noite.
O de esquerda é mais bonito/a de dia.
O De DiReItA eXcReVe AxIm NaS mEnXaGeNx.
O de esquerda foge do Algarve em Agosto.
O de direita é o Algarve em Agosto.
O de direita, no dia de natal, diz que recebeu 27 prendas depois de ir à missa do galo.
O de esquerda, ressacado, diz que o vinho estava óptimo.

7 comentários:

Anónimo disse...

Muito bom =)
Como dizia o Churchill «men stumble over the truth from time to time but most pick themselves up and hurry off as if nothing happened», os de direita ;)
Apontar o caminho correcto e responsável num contexto em que a ética é promovida é fácil. Berrar quando pode haver repercussões só por se ter espinha, ai é que a coisa dói...
Continua a berrar Rui

Deixo-te um momento de loucura
http://www.youtube.com/watch?v=RmIg8C3KXmQ&feature=related

TLC

Pão-de-ló disse...

Fds... prefiro utilizar uma expressão tantas vezes por ti utilizada:



"Tu és louco..."

Parabéns =D []

mrscarmody disse...

Ora aqui está uma confissão fora do comum
(mas não creio que tenhas de lavar a cabeça mais vezes ;) )

Lampadinha disse...

Avante Camarada!! :)

Tomé, Ricardo disse...

fantastico! continuas a nao me desiludir nunca ruizao! grande abraco

Rui disse...

fantástico!

Anónimo disse...

O de direita pertence à gangue da gravata e do sapato.

O de esquerda canta Chico ao pé do ouvido, alheio aos olhares alheios, e se perde por ruelas com chão de pedra... dançando desengonçadamente.