sábado, 18 de outubro de 2008

Um ano deste Castelo na Escócia


Neste dia tão refrescante, em que pela primeira vez consigo festejar um aniversário de qualquer coisa em que me tenha razoavelmente envolvido, deixo um especial agradecimento ao gang de pombos que ontem despejou uma quantidade industrial de merda no meu casaco preferido, quando me dirigia para o trabalho. Coincidência ou não, o certinho é que tinha enfiado os braços nele porque combinara ir com pessoal da empresa ao Lux, quando saíssemos já fora de horas, e daí em diante tudo mudou de sítio. Da ideia de se abanar o esqueleto passou-se para o copo no bairro onde, aí sim, faríamos um grande festim, mas isso também perdeu força, resultando que marchei directo para casa. Só para que saibam o que para aí anda. Para festejar a preceito estes 12 meses de independência escocesa, nada como voltar à genial ideia que tive no primeiro post, publicado a 17 de Outubro de 2007, em que a sugestão de acompanhamento musical ao texto então publicado chegava depois deste ser lido - (L)

Sugestão de acompanhamento musical:
"I've got ham, but i'm not a hamster" - The Killers

4 comentários:

Peter disse...

Venho por este meio proceder à atitude de parabenização para com o autor desta página online de conteúdo pessoal que perfez ao décimo sétimo dia do mês dez e do ano de dois mil e oito, precisamente o primeiro aniversário da sua criação. Sem mais de momento, atenciosamente. Um bem haja!

Misinha disse...

Parabéns ao Castelo na Escócia!
Dizem que merda é sinal de sorte, ou de porcaria...Como é que se permite que um gang de pombos nos caguem em cima? Deve ter sido distração. Onde está o Rui que diz a um gang de fiscais do metro "agora não posso" e foge? :-)

Enes disse...

Parabéns! os escoceses devem estar orgulhosos de ti!

djazzistik disse...

PARABÉNS!!!! (atrasados)