segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Como é que fazes uma lista das tuas canções favoritas dos Beatles, como fizeste dos Radiohead, se amas (quase) todas?


err... não fazes.

Apenas destaco aqui a ‘Nowhere Man’ do Rubber Soul (1965) porque é uma das mais importantes. Se o Revolver (1966) é o disco em que os Beatles abandonam o 'yeah, yeah' da adolescência para se tornarem numa banda de estúdio e reinventarem a música, o Rubber Soul é aquele onde sopram os primeiros ventos de mudança. Na 'Norwegian Wood (This bird has flown)', por exemplo, onde o Harrison introduz pela primeira vez um instrumento indiano (sitar) numa canção pop, ou nesta 'Nowhere Man', pela abordagem filosófica - o John Lennon gatinhava para o surrealismo.

4 comentários:

ana disse...

qdo era criança, fui fazer uma audição para o conservatório e levei a obladi oblada.

Rui Coelho disse...

:)

F.A.R. disse...

se já é muito dificil escolher um álbum, pode-se dizer que escolher as melhores dos Beatles é simplesmente uma tarefa impossível de concretizar.

Ana Roman disse...

Muito boa escolha...eu ainda prefiro Something...mas tudo bem.