domingo, 16 de outubro de 2011

O Vento dos Outros, Raquel Ochoa


“Era o primeiro vulcão que avistava na minha vida, tinha o brilho do irreal, os olhos piscavam e conformavam-se com a verdade de que a Natureza é algo alucinante, independente, legislador da maior lei do mundo, a lei do acaso.”

---------------------------

“Nico prometeu-me um verdadeiro safari por aquela zona – se quisesse – com pumas, cobras, casebres no meio das montanhas e efectivo contacto com a Natureza. Entuasiasmava-se tanto a falar que às vezes receava que se esquecesse de inspirar. Descrevia-me anteriores excursões organizadas por ele, em que as pessoas tinham de andar a fugir dos animais selvagens e dormiam nas árvores como koalas. Prometi-lhe que voltaria (...)"

3 comentários:

Ana disse...

estive prestes a fazer um workshop de escrita criativa com esta senhora. infelizmente, como quase tudo na minha vida, houve uma série de confusões e o workshop nao se concretizou :(

Lo disse...

X) (eu a tapar os olhos), que malandro, pa.

Ana Roman disse...

<3